Tecnologia

Elon Musk diz que China iniciará regulamentação de inteligência artificial

Bilionário fez suas declarações no Twitter Spaces, uma sala de bate-papo por áudio, com o candidato presidencial democrata Robert F. Kennedy Jr., dos Estados Unidos, nesta segunda-feira

O governo chinês buscará iniciar regulamentações para a inteligência artificial em seu país, disse o bilionário Elon Musk nesta segunda-feira, após se reunir com autoridades durante sua recente viagem à China.

Musk não deu mais detalhes e fez suas declarações no Twitter Spaces, uma sala de bate-papo por áudio, com o candidato presidencial democrata Robert F. Kennedy Jr., dos Estados Unidos, nesta segunda-feira.

“Vale a pena ressaltar que, em minha recente viagem à China, me reuni com líderes sêniores lá. Acredito que tivemos discussões muito produtivas sobre os riscos da inteligência artificial e a necessidade de supervisão e regulamentação”, disse Musk, proprietário do Twitter e presidente-executivo da Tesla.

“E meu entendimento dessas conversas é que a China iniciará a regulamentação da inteligência artificial na China.”A Reuters não conseguiu entrar em contato imediatamente com as autoridades chinesas fora do horário comercial para comentar o assunto.

Musk partiu de Xangai na quinta-feira, encerrando uma viagem de dois dias à China, na qual se reuniu com autoridades de alto nível do governo chinês, incluindo o vice-primeiro-ministro de mais alto escalão.

Musk se reuniu com os ministros das Relações Exteriores, Comércio e Indústria da China em Pequim. Ele também se encontrou com o vice-primeiro-ministro chinês, Ding Xuexiang, na quarta-feira, disse uma fonte familiarizada com o assunto.

Em abril, o órgão regulador do ciberespaço da China apresentou um projeto de medidas para gerenciar serviços de inteligência artificial generativa, em que pedia às empresas que submetessem avaliações de segurança às autoridades antes de lançarem suas ofertas ao público.

Vários governos estão estudando como mitigar os perigos da tecnologia emergente, que tem experimentado um “boom” de investimentos e popularidade entre os consumidores nos últimos meses após o lançamento do ChatGPT da OpenAI.

Em abril, a Administração do Ciberespaço da China (CAC, na sigla em inglês) disse que a China apoia a inovação e aplicação de IA e incentiva o uso de software, ferramentas e recursos de dados seguros e confiáveis, mas que o conteúdo gerado pela IA generativa deve estar alinhado com os valores socialistas fundamentais do país.

 

 

What's your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0

You may also like

More in:Tecnologia

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *